quinta-feira, 18 de julho de 2013

" O vento se preocupava em ficar... Pois o temor de revelar o que é belo,
Colocava velocidade em sua passagem, marcante e rastreada de saudades"
[Fulvio Ribeiro]


"A Poesia bombeia os versos pelas artérias da vida, Para que não morra,
O Amor e a beleza no Mundo..."


"Ao mesmo tempo que é... Já não é mais.
Assim os segundos se vão... E eu... Eu continuo sem entender a vida..."


"Grandes ondas de saudade Balançam o barco das lembranças
No oceano da tua falta..."


"A curiosidade é um monstro que alimentamos para nos engolir..."